Indicadores de manutenção e gestão

28/12/2012 16:47

Pode parecer incrível, mas por este Brasil afora não encontramos muitas empresas que fazem uso real dos indicadores de manutenção e nem tampouco possuem algum sistema de controle e gestão da manutenção. E não precisamos ir longe para verificar isso.

Em uma multinacional com sede em São Paulo, abriu-se uma vaga para o cargo de Coordenador de manutenção. No processo seletivo foram realizadas perguntas sobre conhecimento técnico de equipamentos e máquinas em geral. Perguntas do tipo: Voce conhece este equipamento? E aquele? Como voce instala esta máquina? Nenhuma pergunta sobre gestão durante todo o processo de seleção. Nada.

A empresa não utiliza nenhum indicador de manutenção. A "gestão" dos ativos acaba sendo realizada pelo departamento financeiro ou controladoria, limitando-se à depreciação do equipamento e gastos com peças de reposição, dados estes colhidos do sistema de compras ou estoque.

Aqueles indicadores "classe mundial", como o MTBF, MTTR e outros, mesmo os mais simples, acabam por "enfeitar" uma apresentação mensal para a Diretoria da empresa, e nesse caso especifico nenhuma ação é tomada em função dos indicadores.

Em uma palestra numa universidade de São Paulo, de 80 participantes apenas 5% demonstraram  algum conhecimento sobre gestão de manutenção e indicadores de manutenção. O restante sequer tinha noção sobre o tema.

Precisamos mudar isso. A gestão dos ativos é de grande importância e deve fazer parte do planejamento estratégico das empresas.